Mitos X Verdades: Gatos enxergam no escuro?

15.05.2017

 Um dos detalhes dos gatos que nós mais amamos são seus olhos, seja seu tamanho, mistério ou pela bela variedade de cores que contrastam com sua pelagem. Claro, eles não são apenas lindos, também são fundamentais para que possam caçar e se proteger. Essa fascinante parte do corpo deles gera vários mitos. Algo que sempre ouvimos, por exemplo, é que os bichanos enxergam no escuro, o que NÃO é totalmente verdade.

 

Eles realmente enxergam muitoooo melhor do que nós em ambientes com pouca luminosidade, mas, ao contrário do que dizem, na escuridão total eles NÃO enxergam completamente. Com pouca luz são capazes de enxergar – o equivalente a algo entre 40% e 50% a mais que nós, humanos. Há mais de uma razão para isso.

 

A primeira é que seus olhos têm uma estrutura refletora – chamada região tapetal – que provoca uma dupla estimulação dos receptores responsáveis pela percepção de cores e formas: os cones e bastonetes (que os felinos, ainda por cima, têm três vezes mais que os humanos). “O reflexo dessa camada espelhada é que produz aquele brilho esverdeado que vemos à noite nos olhos dos gatos”, diz o veterinário Paulo Sérgio Moraes de Barros, da USP. (O mesmo princípio é utilizado nos sinalizadores de estradas, batizados, com toda propriedade, de olhos-de-gato!) 

 

Além disso, a pupila do gato dilata três vezes mais que a humana, permitindo a entrada máxima de luz bem nos momentos em que esses animais saem à caça: aurora e crepúsculo. Em compensação, quando exposta ao sol, a pupila se reduz a uma fenda mínima, contrabalançando essa hipersensibilidade à luz.

Assim, durante o dia a visão dos gatos não é tão boa quanto a de seus donos. Eles distinguem mal as cores e não enxergam bem de longe. 

Curiosidades sobre a visão:

Felinos possuem hábitos noturnos, isto é, costumam caçar, perambular durante esse período e precisam enxergar bem para poderem fazer suas atividades da melhor forma possível. Por isso, o olho apresenta uma estrutura que tem função de estimular ainda mais as células fotossensíveis (bastonetes), e assim fazer com que os gatos enxerguem ainda mais em ambientes com pouca luz. Essa estrutura é chamada de tapetum lucidum e é ela que reflete um brilho amarelado no olho do gato quando direcionamos um foco de luz, dando aquela impressão de que seus olhos são dois faróis ligados.

 

Outro fato curioso é que, apesar de os felinos apresentarem células responsáveis pela percepção de cor, estudos indicaram que eles não detectam todas. Têm a percepção do amarelo, do azul, com a possibilidade de aprenderem a distinguir o vermelho. O fato de enxergarem poucas cores é resultado da evolução da espécie, como eles sempre possuíram hábitos noturnos, houve a necessidade de desenvolverem mais as células bastonetes, que ajudam a enxergar com pouca luz, do que as células cones, que ajudam ver colorido. Em comparação aos humanos, os bichanos possuem bem menos cones, por isso visualizamos mais cores e detalhes.

 

Outra novidade na visão dos gatos é que pesquisas recentes têm indicado a possibilidade de conseguirem enxergar a luz ultravioleta (UV). Como os humanos possuem uma lente que não capta esse tipo de luz, acreditou-se, durante um bom tempo, que outros mamíferos também não conseguiriam enxergá-la. Contudo, além dos bichanos, alguns roedores, cães, morcegos e outros animais aparentemente conseguem detectar esse tipo de luminescência, o que ajuda a achar uma presa, ou ainda detectar néctar de uma planta, no caso das abelhas. Animais capazes de enxergar a luz UV conseguem detectar facilmente uma presa branca em um local com muita neve, enquanto nós, por exemplo, conseguiríamos notar apenas um borrão branco.

 

Eles sempre enxergam bem?

Como os felinos costumam enxergar bem á noite, temos a ideia de que têm uma visão extremamente poderosa.

Mero engano! Por exemplo, gatos não enxergam tão bem de perto, costumam ser melhores se o objeto de visão estiver de 2 a 6 metros de distância. De perto, visualizam de forma mais embaçada, desfocada. Você pode tirar a dúvida ao oferecer um brinquedo na frente do nariz do seu amigo felino, a primeira reação dele será cheirar o atrativo e , se você jogá-lo em frente ao focinho, ele não encontrará imediatamente, provavelmente deslocará o corpo ou afastará um pouco os olhos até focalizar o brinquedo.

Para melhorar a acuidade visual do bichano, as lentes de seus olhos são multifocais, que permitem focalizar a luz em diferentes comprimentos de onda. E, assim como nós, ele apresenta visão binocular, isto é, aquela que usa os olhos em conjunto, o que ajuda a ter maior habilidade para saltar, escalar, e caçar uma presa. Mesmo que o gato enxergue desfocados os objetos próximos de si, sua capacidade de ser ágil ao caçar pequenas presas não diminui em nada.

 

 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Curta esse post
Please reload

Posts Em Destaque

Vou viajar, e agora?

25.08.2017

1/2
Please reload

Arquivo
Please reload

Compartilhe este post
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
T-SHIRT BEST CAT MOM

T-SHIRT BEST CAT MOM

R$49.99Preço
T-SHIRT QUEEN OF CATS

T-SHIRT QUEEN OF CATS

R$49.99Preço
T-SHIRT GATEIRA ASSUMIDA

T-SHIRT GATEIRA ASSUMIDA

R$49.99Preço
  • w-facebook
  • Twitter - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Instagram Clean

Copyright © 2018 Menina dos Gatos - Todos os direitos reservados

@meninadosgatosstore

@meninadosgatos